Sobre o site

Este site integra as informações contidas em diversas versões anteriores de homepage.

  1. http://banana7br.webs.com/ – I’m back! (2015-11-25)! Parece que tenho o site de volta, por quanto tempo? O conteúdo se foi. Recriarei isso.
  2. banana7.xpg.com.br ou http://banana7.xpg.uol.com.br/ que não avançou muito, mas ainda está disponivel.
  3. http://banana7br.freehostia.com/ – neste ambiente venho prototipando os desenvolvimentos WordPress em andamento. Também na sua forma Joomla sob o nome J4U – Joomla for You.
  4. https://twitter.com/banana7br – sim existo também na versão Twitter. Siga-me!

 

Anotações sobre o site.

  1. Ajustar o rodapé para constar informações sobre a hospedagem e recursos utilizados.
  2. Instalar os plugins para facilitar a operação. um editor mais sofisticado, captcha  (Ativar)para poder abrir para mais colaboração. formulário de contacto para maior iteração
  3. Divulgar.

administrador de piscina….

reflexões sobre o trabalho de administrar piscinas

reflexões sobre o trabalho de administrar piscinas

Como trainee, aprendi com o chefe LB na grande empresa a administrar piscina. Atuar sobre aquele que afundou a mais tempo…

Da experiência prática, aprendi que esta técnica tem dois problemas. Ela assume que sempre dá para ajudar, quando na verdade em boa parte das vezes, chegamos atrasados. A nossa ajuda não é mais necessária.

O segundo problema é que em alguns casos, o cara só está tentando bater o record de apnéia. E seguramente, vamos atrapalhar a performance do atleta.

Por isso, adoto agora a prática de atender aquele que acena mais convincentemente por ajudar.

me inclua fora dessa….

Bom… como em toda guerra, ao menos nas guerras civilizadas, é garantido ao guerreiro que não mais deseja combater deixar o campo de batalha em segurança! (direito de salvo conduto).

Nesta roda viva de pouca vergonha! Me inclua fora dessa! Doravante, serei somente um Banana, desarmado, fora do combate!

Passando vergonha…

Sim…. mesmo um banana sente vergonha… a diferença é que ele entende a situação e aprende neste processo….

Mais uma vez, mesmo com as diversas advertencias em contrário, lá vamos nos procurar um “homem” para resolver o problema….

Sim. Deveria ter pensado um pouco mais sobre o problema. Somente, mais algumas hipoteses a serem testadas. Mas não… vai procurar ajuda.

Claro que o problema é mais simples do que se pintava. Para resolvê-lo bastava um pouco mais de dedicação, ordem, metodo,

Mas, passar vergonha realmente é educativo. Há que se assumir a ignorância humildemente! Mostrar o nível de entendimento do problema “em publico”, para aprender!